Folhas da Lavanda Dentata Amarelas?

Salve Salve leitor, muito obrigado por você estar aqui lendo este conteúdo.  Sou pai da Amora, do Davi e esposo da Dóren; Marcos Romani, também conhecido pelas crianças que visitam a Santa Lavanda como Tio Lavanda da Santa Lavanda.  Hoje, vamos explorar um problema comum que muitos enfrentam: mudas de lavanda amareladas.

Atenção: Este é um sinal de que algo não está indo bem com as plantinhas.

Este texto traz algumas explicações práticas daqui da Santa Lavanda de como ajudar a entender as razões e fornecer dicas práticas.

Minhas Lavandas Dentatas estão amarelas, o que está acontecendo?


O amarelamento das folhas da lavanda pode ser causado por várias razões. Uma das principais é o excesso de água. As lavandas são plantas que preferem solos bem drenados. Quando o solo fica muito úmido, as raízes das plantas podem apodrecer, levando ao amarelamento das folhas.

Outra razão comum é a falta de luz solar adequada. As lavandas precisam de luz solar direta para prosperar. Se não recebem luz suficiente, suas folhas podem começar a amarelar.

Aqui estão alguns detalhes sobre como o excesso de água afeta as mudas de Lavanda Dentata:

Raízes e Solo

  • Podridão Radicular: A lavanda possui um sistema radicular que prefere secar entre as regas. O excesso de umidade no solo pode promover o crescimento de fungos que causam podridão radicular, uma condição onde as raízes começam a morrer e apodrecer, impedindo a planta de absorver nutrientes e água adequadamente.
  • Anoxia: O excesso de água pode expulsar o oxigênio do solo, criando condições anaeróbicas que são prejudiciais às raízes, levando à sua morte por falta de oxigênio.

Folhas e Crescimento

  • Amarelamento: Conforme mencionado anteriormente, o excesso de água leva ao amarelamento das folhas, também conhecido como clorose. As folhas inferiores normalmente são as primeiras a exibir sintomas, pois a planta tenta conservar nutrientes para o novo crescimento.
  • Crescimento Pobre: Mudas que estão em solo muito úmido frequentemente têm um crescimento atrofiado porque a planta não consegue absorver os nutrientes necessários do solo encharcado.

Estudo de caso com Muda de Lavanda na Santa Lavanda

Observe nas fotos abaixo, as duas mudas do berçário da Santa Lavanda, a planta da esquerda tem o mesmo tempo que a planta da direita, 60 dias.

Cuidados Adequados para Prevenir o Amarelamento

1. Manejo da Água

Para evitar o excesso de água em mudas de Lavanda dentata:

  • Drenagem Adequada: Plante em um solo bem drenado. Se necessário, modifique o solo com areia ou matéria orgânica para aumentar a drenagem.
  • Rega Apropriada: Regue somente quando a camada superior do solo estiver seca ao toque. Evite regar por um cronograma fixo; em vez disso, ajuste a rega com base nas condições climáticas e na umidade do solo.
  • Recipientes com Drenagem: Se a lavanda estiver plantada em vasos, certifique-se de que haja furos de drenagem suficientes.
  • Monitoramento: Acompanhe suas plantas regularmente para detectar sinais de estresse hídrico.
  • Clima e Estação: Esteja ciente de que as necessidades de água variam com o clima e a estação do ano. As plantas precisam de menos água durante os meses frios de inverno e mais durante o verão quente.

2. Solo Bem Drenado

Certifique-se de que o solo tenha uma boa drenagem. Adicionar areia ou perlita ao solo pode melhorar a drenagem.

3. Luz Solar Adequada

Plante suas lavandas em um local onde recebam pelo menos 6 horas de luz solar direta por dia.

4. Podas Regulares

Faça podas leves para encorajar o crescimento e a circulação de ar ao redor das plantas.


Na prática com lavandas saudáveis e amarelas.


Além do Amarelo: Outros Sinais a Observar

Além do amarelamento das folhas, observe outras mudanças nas suas lavandas. Folhas murchas podem indicar falta de água, enquanto manchas escuras podem ser um sinal de doenças fúngicas. Folhas amareladas nas extremidades podem ser um indicativo de deficiência de nutrientes, como nitrogênio.

A Importância de Observar Suas Plantas

A experiência nos ensinou que cada planta tem sua própria linguagem. Elas nos comunicam suas necessidades através de sinais visíveis. A observação cuidadosa das suas lavandas pode ajudá-lo a identificar problemas antes que se tornem graves. Se você está enfrentando desafios com suas plantas, não hesite em observar de perto e fazer ajustes conforme necessário como vemos na imagem abaixo.

Espero que estas dicas sejam úteis para manter suas lavandas saudáveis e vibrantes. Para uma demonstração prática de como cuidar das mudas de lavanda, confira nosso vídeo no YouTube em youtube.com/santalavanda. Se tiver alguma pergunta ou gostaria de compartilhar suas próprias experiências, por favor, deixe um comentário abaixo.

Compartilhe nas redes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR

marcos romani

Produtor Rural
Fundador e CEO da Santa Lavanda
Fundador e CMO na Lavanda do Brasil
Criador da Mentoria Lavanda com propósito

CONTE-NOS SUA PAIXÃO PELA LAVANDA

E RECEBA NA HORA GRATUITAMENTE

Cadastro1

Empresas e Projetos da Santa Lavanda